ESAF – ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO FAZENDÁRIA – DO EDITOR

ESAF – ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO FAZENDÁRIA

DO EDIDTOR

SITE DA ESAF

http://www.esaf.fazenda.gov.br/index.html

ABRANGÊNCIA DE SUA ATUAÇÃO

Inicialmente criada para o preparo do pessoal fazendário, ligado, pois ao Ministério da Fazenda, a ESAF alcançou prestígio tal que hoje serve a vários ministério. No momento em que redigismo esta a ESAF esta abrindo concurso para o cargode Assistente de Comércio Exterior, a ser exercido no Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio. Lemos no site da ESAF:

Escola de Administração Fazendária – Esaf é órgão integrante da estrutura do Ministério da Fazenda, subordinado ao Ministro de Estado da Fazenda.

Respaldada em sua tradição de seriedade e credibilidade, a Escola recruta e seleciona, em todo o território nacional, servidores para o desempenho de funções na gestão das finanças públicas.

Na segunda etapa do processo seletivo, a Esaf promove os Cursos de Formação, desenvolvendo, assim, a integração do candidato ao Serviço Público e preparando-o para o desempenho das atividades inerentes ao cargo que irá assumir.

Por meio de parcerias com organizações nacionais e internacionais, a Escola promove, ainda, a cooperação técnica com seus clientes, com o intuito de consolidar programas e eventos, bem como de captar recursos técnicos e/ou financeiros que beneficiem a gestão de finanças públicas.

Com a experiência acumulada ao longo de sua existência e com a possibilidade de rápida mobilização de sua infra-estrutura em todo o território nacional, a Esaf pode ser considerada o maior complexo educacional da Administração Pública brasileira.

A sede da ESAF situa-se em Brasília, Distrito Federal, e é composta pelas seguintes unidades: Diretoria-Geral, Diretoria-Geral Adjunta, Diretorias, Centro Estratégico, Gerências de Programas e uma Prefeitura.

A Escola é integrada por dez Centros Regionais de Treinamento – CENTRESAFs com jurisdição em todo o território nacional, localizados na Capital Federal e nas capitais-sedes de Regiões Fiscais, nos principais Estados: Belo Horizonte (MG), Belém (PA) , Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA) e São Paulo (SP), e pelos Pólos de João Pessoa (PB), Manaus (AM) e Casa dos Contos de Ouro Preto (MG).
Ação Pedagógica 

” A educação, direito de todos e dever do Estado e da família, será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho”.

HISTÓRICO

A origem da Esaf remonta ao ano de 1945, com as primeiras experiências em cursos de aperfeiçoamento, do Ministério da Fazenda. Em um processo de desenvolvimento progressivo, foi criado, em 1967, o Centro de Treinamento do Ministério da Fazenda – Cetremfa, que se transformou na Escola de Administração Fazendária – Esaf, em 8 de novembro de 1973.
Com a inauguração, em 28.7.1975, de sua sede própria em Brasília, a Esaf passou a contar com o atual complexo educacional de linhas modernas e funcionais.
Em 6.8.1975, ocorreu a institucionalização da Escola como Órgão Central de Direção de Atividades Específicas do Ministério da Fazenda; em 1976, foi aprovado seu regimento interno, caracterizando-a como um sistema de Educação Permanente e, desde então, tem estado presente na seleção e no desenvolvimento de servidores públicos.
A continuidade e o aperfeiçoamento de suas ações nos campos da seleção, formação, capacitação e desenvolvimento de servidores públicos ampliaram os seguimentos de atuação da Escola. Atualmente a Esaf está investindo na utilização da tecnologia de educação a distância, intensificação da rede de teleconferências, realização de cursos abertos à comunidade, formulação de convênios e acordos de cooperação técnica com organismos nacionais e internacionais e promoção de cursos de pós-graduação, mestrado e concursos de monografias. 

SUBORDINAÇÃO

O dec. 7.482/11 define a  ESTRUTURA DO MINISTÉRIO DA FAZENDA e a vinculação da ESAF a esse ministério:

Art. 2o O Ministério da Fazenda tem a seguinte estrutura organizacional:

I – órgãos de assistência direta e imediata ao Ministro de Estado:

a) Gabinete;

……………………………………………………………….

g) Escola de Administração Fazendária;

ESAF PARA O AUDITOR FISCAL

Para o Auditor Fiscal a ESAF é como se fosse um “ITAMARATY”. Na carreira diplomática o aprovado no concurso deve se submeter a um estudo inicial preparatório para o exercício da nova profissão, chamado de formação. Igualmente o aprovado no concurso de Auditor fiscal deve se submeter a um curso na ESAF, preparatório para exercício da profissão, em período integral (por vezes aulas no sabado ou domingo), em período aproximado de tres meses.

CONCURSO PARA ANALISTA DE COMÉRCIO EXTERIOR

Atualmente a ESAFestá preparando concurso para ANALISTA DE COMÉRCIO EXTERIOR, cargo a ser exercido no Ministério da Indústria e Comércio (CAMEX-SECEX-DECEX etc), ´também realizado em duas etapas, sendo a segunda de formação,  na sede da ESAF, em Unai, Brasília. O edital diz o seguinte:

14.1 – O Curso de Formação, a ser realizado em Brasília-DF, será regido por este Edital, por edital de convocação para matrícula e por regulamento próprio. Esses atos estabelecerão a programação do Curso de Formação, a frequência e o rendimento mínimos a serem exigidos e demais condições de realização e de aprovação, podendo ser ministrado, inclusive, aos sábados, domingos e feriados e, ainda, em horário noturno.

 

Adicionar aos favoritos o permalink.